União propõe multa de R$ 40 bi para Andrade Gutierrez

O governo brasileiro pediu à Andrade Gutierrez uma reparação de R$ 40 bilhões para que a empresa continue atuando no país. A quantia foi calculada por uma comissão formada por membros da Advocacia-Geral da União (AGU) e da Controladoria-Geral da União. A multa diz respeito à negociação do acordo de leniência firmado pela empreiteira. O não-pagamento do montante pode impedir que a empresa assine contratos com o Estado novamente.

Ainda assim, a Andrade Gutierrez não cogita aceitar a multa, alegando risco de falência. Os dirigentes afirmaram que o valor está acima das condições financeiras da empresa. De acordo com balanços da empreiteira, a receita bruta entre 2012 e 2016 ficou em R$ 33,4 bilhões.

Os envolvidos nos cálculos disseram que chegaram ao montante através de estimativas, pois a empresa negou superfaturamento nos contratos em que admitiu as irregularidades. Sem um dado preciso, a comissão da AGU e da CGU precisaram estimar o valor do prejuízo ao Estado.

Além da Andrade Gutierrez, outras empreiteiras, como Camargo Corrêa e Odebrecht, negociam o valor da multa nos acordos de leniência do processo da Lava Jato. Comissões distintas estão responsáveis por cada processo.

Fonte: Pleno News

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.